In Memoriam Credidio Rosa (4/9/1938 - 6/8/2014)

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Luca Vinhos - Laura Catena

CLUVINHO - JUNHO 2016
TEMA - VINÍCOLA ONDE TODOS OS VINHOS PRODUZIDOS FORAM PONTUADOS PELA WS COM + DE 90 PTS.
LOCAL - NOU RESTAURANTE


Na verdade o tema desta degustação deveria ser LUCA VINHOS - LAURA CATENA, mas a chamada foi a descrita no tema por ser uma degustação às cegas. Realmente, esta bodega argentina produz vinhos de altíssima qualidade e todos pontuados com notas altas pelos críticos, estes vinhos são importados pela Vinci.
 
Laura Catena nasceu em 1967, 4a. geração de vinicultores, formada em 88 em Harvard, obteve grau médico em Stanford e médica da medicina de emergência da Universidade da Califórnia em São Francisco. Autora do livro Vino Argentino, uma das 25 maiores inovadoras do vinho segundo a American Society of Wine Educators. Diretora Geral da Bodega Catena Zapata e proprietária da LUCA WINERY.

Abrimos com o espetacular Luca Chardonnay 2013, esta safra a WS pontuou com 89 pts., mas já tiveram safras com 90 pts., 12 meses em carvalho francês, sendo 50% em barricas novas, GA - 14%, é considerado um dos melhores Chardonnay sulamericanos, R$ 186,60.





BESO DE DANTE 2011 - Um fantástico corte de 45% Cabernet Sauvignon 3 55% Malbec, esta safra a WS deu 92 pts.,12 meses em carvalho francês, sendo 30% em barricas novas e 70% em barricas de segundo uso, GA - 14%, R$ 231,00, foi considerado pelo grupo como o melhor da noite, quase unânime.


LUCA SYRAH 2012 - A WS considera o melhor Syrah argentino e pontuou esta safra com 91 pts., ele tem 95% Syrah e 5% Malbec, 12 meses em carvalho francês, sendo que 50% em barricas novas, GA - 14%, R$ 186,60, de todos foi o que menos agradou.


LUCA MALBEC 2012 - De todas amostras da noite, este Malbec foi o que recebeu a maior nota da WS 93 pts., 12 meses em carvalho francês, sendo que 50% em barricas novas, GA - 14%, R$ 218,80, foi escolhido em terceiro lugar.


LUCA PINOT NOIR 2012 - Um ótimo Pinot Noir, a WS deu 91 pts. para esta safra, 12 meses em carvalho francês, sendo que 60% em barricas novas, GA - 14%, R$ 186,60, foi o segundo da noite.


O jantar teve um cardápio magnífico, a entrada tinha 2 opções, um mix de folhas e tomate ou um creme de abóbora, como prato principal o melhor Confit de Canard ao vinho do porto de São Paulo com purê de mandioquinha e figo assado ou Espaguete à Carbonara com cebola caramelizada e azeite de trufas, para harmonizar o vinho escolhido foi o Primitivo de Manduria - Conte di Campiano 2012, que agradou a todos.

Cred não nos abandone.

Taba

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Vinhos Californianos - Credvinho


CREDVINHO JULHO
LOCAL: SMARTBUYWINES
TEMA: VINHOS CALIFORNIANOS


Realizamos nossa reunião na Smartbuywines, uma importadora especializada em vinhos Californianos. Local agradável onde tivemos exclusividade e contamos com a análise bastante rica da sommelière Luísa.




Nosso vinho de boca foi Douglas Hill, da vinícola do mesmo nome, composto de 76% Chardonnay, 16% Triplett Blanc , 3% Gewurztraminer e 5% de varietais mistos. 2012, GA 12,5%. Vinho interessante de paladar onde a Triplett Blanc deu muita mineralidade, modificando assim as características da Chardonnay. Vinho leve e de pouca persistência. R$71,00

1-Buena Vista, da vinícola do mesmo nome, região de Carneros, 100% Chardonnay, amadurecimento por 8 meses em barris franceses e húngaros. safra 2013, GA 14,5%. Vinho muito rico, com toques acentuados de fruta e muita mineralidade. Foi muito apreciado por todos mas não participou de nossa avaliação por ser o único branco dos vinhos. R$280,00

2- Decoy /Duckhorn Wine Company, região de Sonoma, 82% Cabernet Sauvignon,10%  Merlot, 6% Cabernet Franc, 2% Petit Verdot. Amadurecimento por 12 meses em carvalho francês, 2013, GA 13,8%. Este vinho de corte bordalês apresentou-se muito tânico e alcoólico, estando, portanto, ainda muito jovem. Foi o terceiro a ser escolhido. R$ 285,00.

3-Rodney Strong, da vinícola do mesmo nome, região de Alexander Valley, 100% Cabernet Sauvignon com 18 meses de amadurecimento em carvalho francês. 2012, GA 14,5%. Vinho redondo, equilibrado, porém com pouco aroma. Foi o segundo da noite.R$ 323,00

4-Mettler Old Vines, da vinícola do mesmo nome, região de Lodi, 85% Zinfandel,10% Petite Siyrah, 3% Cabernet Franc, 2 % Cabernet Sauvignon. Amadurecimento por 19 meses em carvalho francês e americano, 2012, GA 15,9%. Este vinho apresentou muita potência e um equilíbrio excelente, com muita fruta.Foi o escolhido da noite. R$280,00.

Como o local não apresenta uma cozinha completa nosso jantar foi uma belíssima tábua de frios, frutas secas e tortas variadas que estavam deliciosas. Para acompanhar foi servido o OZV da Old Zin Vines da região de Lodi, com 96% Zinfandel e 4 % petit Syrah. Amadurecimento em carvalho francês e americano. 2012, GA 13,5%. Agradou a todos. R$ 161,00

Mais uma reunião muito agradável e proveitosa.

Até a próxima,

Um abraço.

Vera

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Zinfandel - Cluvinho

CLUVINHO - MAIO 2016

TEMA - ZINFANDEL

LOCAL - MICAELA RESTAURANTE


No encontro deste mês estreamos um ótimo local para as nossas degustações, além da ótima cozinha, uma mesa formando um quadrado de forma que a interação entre os participantes foi muito grande. A Zinfandel começou a ser plantada nos USA no século 19, não se tem uma precisão de como esta casta foi levada para lá, já que a origem é croata e irmã da Primitivo, quando o vinho tem mais de 75% da casta Zinfandel ele é considerado um varietal. 



Abrimos com um White Zinfandel 2013 da Beringer, vinícola foi fundada em 1876. Importado pela World Wine, este vinho é do tipo rosé, apesar de ser white, mas nos USA ele é considerado um "Blush", que é um demi-sec, ou seja é um rosé mais doce e de baixo grau alcoólico no caso 10%, aromas de frutas vermelhas, cítricas, leve fresco e adocicado, preço R$ 77,00.


GHOST PINES ZINFANDEL 2014 - Produzido por Louis Martini, importado pela Wine.com.br, passa 6 meses em carvalho francês e americano, GA - 14,4%, rubi, geléia de morango, café, encorpado e taninos macios, preço R$ 164,00, ficou em segundo empatado com Beringer.


DE LOACH ZINFANDEL 2014 - Da região Russian River Valley, é um corte de 82% Zinfandel, 11% Petit Syrah, 6% Petit Verdot e 1% Cabernet Sauvignon, é produzido em tanques de inox e passa por carvalho americano, importado pela Wine Experience, rubi, aroma de cerejas, uva passa e anis, equilibrado, taninos leves e longo final, GA - 13,5%, R$ 132,00, foi o quarto na preferencia.


OAK RIDGE - OVZ (OLD VINES ZINFANDEL) 2012 - É produzido em Lodi, uma região entre Sierra Nevada e Baia de San Francisco, um corte de 96% Zinfandel e 4% Petit Syrah, 60% passa por carvalho americano e francês, importado pela Smart Buy, vinhas com mais de 120 anos, rubi, frutas vermelhas, geléia de framboesa, chocolate, encorpado, taninos leves, final adocicado, GA - 13,95%, R$ 161,00, foi o primeiro na escolha do grupo.


BERINGER FOUNDERS ESTATE 2013 - Da região de Santa Barbara - California, passa 6 meses em carvalho francês, importado pela World Wine, rubi violáceo, frutas vermelhas, pimenta negra, taninos macios e persistente, GA - 13,5%, R$ 129,00, ficou em segundo empatado com o Ghost Pines.


O jantar foi um Filé Micaela, um filet mIgnon acompanhado de um purê de mandioquinha com quatro queijos brasileiros e um presunto cru tostado, muito elogiado pelos participantes. Para harmonizar foi o excelente Harlow Ridge Zinfandel 2012, da região de Lodi, um corte de 76% Zinfandel, 11% Ariarnoa, 13% California mix grapes, passa por carvalho americano, rubi, frutas vermelhas, groselha, taninos suaves e final longo, GA - 13%, R$ 100,00, importado pela Wine Experience, muitos confrades elegeram como o melhor da noite.


Cred não nos abandone


Taba

As últimas aqui no blog