In Memoriam Credidio Rosa (4/9/1938 - 6/8/2014)

domingo, 22 de março de 2015

Credvinho - Bourgogne

CREDVINHO - MARÇO 2015
LOCAL - RESTAURANTE AU VIN
TEMA - BOURGOGNE


Iniciamos nosso ano de 2015 no restaurante Au Vin com uma palestra de Jean RAQUIN sobre a Bourgogne. Jean trouxe alguns vinhos da França e outros foram comprados na Decanter.

Vinho de boca: Bouzeron, Domaine Chanzy, 2012, Saône-et-Loire. Uva Aligoté Doré que tem mineral intenso mas muito equilibrado, lembrando um Chardonnay. Vinho para 3 anos de guarda. Este é o vinho que acompanha o pão de queijo francês Gougère, servido nos casamentos franceses.

Vinho 1 - Montagny 2008 1er Cru, Domaine Henri de Villemont, Chardonnay, 13,5% TA, aromas de mel, mineralidade presente, acidez alta devido ao solo granítico, pouca madeira.
Vinho para 10 anos de guarda que agradou a todos.

Vinho 2- Hautes Cotes de Nuit, Cuvée Les Dames de Vergy, Domaine Antonin Guyon, Pinot Noir, 2012, 12,5% TA.
Vinho de cor rubi claro, boa acidez, podendo aguardar mais uns 2 anos para ser aberto.


Vinho 3- Domaine Francois Labet, Vieilles Vignes, 2011, 12,5% TA.
Apesar da safra 2011 este vinho apresentou cor violeta escuro, com aroma de "bois" e terroso no paladar tendo sido considerado um vinho evoluído.

Vinho 4- Clos de la Fortune Monopole, Domaine Chanzy, 2011, Pinot Noir, 12,5% TA.
Vinho com taninos equilibrados, cor rubi, frutas vermelhas. Este vinho foi do mesmo Domaine do nosso vinho de boca e ambos foram apreciados.

Vinho jantar- Mercurey Chamirey, Domaine François Raquillet, 2009, TA 12,5%.
Vinho de cor rubi, aroma de frutas vermelhas taninos equilibrados. Este vinho agradou a todos.

Não fizemos, desta vez, avaliação e escolha pessoal dos vinhos pois Jean analisou cada um deles à medida em que foram servidos.



O João e Patric capricharam no menu e nos ofereceram 4 entradinhas: feijão preto com couve, batatinha com maionese, rabanete e pó de azeitona, mandioca cozida com funghi porcino e brie com beterraba e cebola caramelizada.
Tivemos ainda um prato principal escolhido entre Atum, Entrecôte, e Porco, e de sobremesa arroz doce com manga ou pera e salada de abacaxi com imisções em calda. Café.

Aprendemos muito, comemos muito e bebemos muito.
Até abril.
Vera

quinta-feira, 19 de março de 2015

Vinho rosé pelo mundo

CLUVINHO - MARÇO 2015
LOCAL - GRAND CRU MOEMA
TEMA - VINHO ROSÉ PELO MUNDO

Este tema foi escolhido em homenagem às mulheres, já que neste mês ocorreu o dia Internacional da Mulher e nos trouxe uma agradável surpresa com as amostras degustadas. Foram Vinhos Rosé da África do Sul (abertura) e na degustação vinhos da Europa e no jantar um Rosé chileno. Evitamos o Rosé da Provence que é um exemplar diferente.



Abrimos com um KLEIN CONSTANTIA ROSÉ 2013, importado pela Grand Cru, da região de Stellenbosch, um excelente rosé, 100% Cabernet Franc, de cor salmão claro, aroma de morango, tangerina, na boca muito fresco e ligeiramente picante, GA - 12,8%
Guarda 3 anos, R$ 65,00, ótimo custo/beneficio.

CASTELLO DI MAGIONE BELFIORE ROSATO 2013 - Este italiano da região da Umbria, sub-região Colli dei Transimeno, é feito com 100% da uva Grenache ou Gamay del Transimeno, importado pela Decanter, cor salmão, aroma levemente floral e frutado, na boca frutas vermelhas e fresco, guarda 2 anos, GA - 13%, R$ 72,80, foi o quarto na preferência

DONA MARIA ROSÉ 2011 - Este português alentejano já foi premiado como melhor rosé português, é um corte de 60% Aragonês e 40%Touriga Nacional, importado pela Decanter, cor salmão, aromas cítricos, tangerina e frutas vermelhas, na boca mineral, fresco e elegante, guarda 3 anos, GA - 12,5%, R$ 105,70, foi o terceiro na preferência.

ALAIN BRUMONT ROSÉ 2013 - Este francês de uma região a sudoeste da França, Mandiran (terra da uva Tannat) é feito de um corte inusitado 50% Tannat, 30% Syrah e 20% Merlot, importado pela Decanter, cor rosa tênue, aroma de framboesa, leve floral e bala confitada, na boca fresco, muita fruta e médio corpo, guarda 4 anos, GA - 12,5%, R$ 69,20, foi o segundo da noite.

PRADO REY ROSADO FERMENTADO EN BARRICA 2013 - Este espanhol foi o único da noite que passou por madeira, aqui no caso 3 meses em carvalho russo, da região de Ribera del Duero (Burgos) de 7 vinhedos diferentes, um corte de 50% Tempranillo e 50% Merlot, importado pela Decanter, cor de cereja, aroma de cereja, baunilha e tostado, na boca encorpado, boa acidez e final longo, guarda 5 anos, GA - 14%, preço R$ 76,50, primeiro na preferência.

O jantar foi um excelente Lombo de Bacalhau a Moda do Chef, harmonizado com o ótimo LEYDA RESERVA ROSÉ PINOT NOIR 2013, vinho importado pela Grand Cru, um chileno do vale do Leyda, cor de cereja, aroma de morango e cereja, na boca frescor e ótima acidez, guarda 4 anos, GA - 13%, R$ 51,00, fantástico custo/benefício.

Cred não nos abandone.

Taba

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Vinhos tintos do Douro até R$50

CLUVINHO - FEVEREIRO 2015
LOCAL - RESTAURANTE MIMO
TEMA - VINHOS TINTO DOURO ATÉ R$ 50,00

Esta degustacão eu organizei pensando no amigo Gentil, que quer sempre dicas de Ótimo Custo/Beneficio. Nossa reunião aconteceu no dia 24/02 no restaurante MIMO, que podemos classificar como contemporâneo. E realmente ficou provado que podemos apreciar vinhos de boa qualidade sem pagar muito, mas exige muita procura.

Abrimos os trabalhos com o espumante AIDA MARIA BRUTO ROSE RESERVA 2007, um excelente espumante do DOURO (Portugal), 100% Touriga Nacional, cor salmão, perlagem fina, aroma fresco e citrico, na boca fresco e frutado, método clássico, foi escolhido na EXPOVINIS de 2013 como melhor espumante estrangeiro, GA - 12,5%, importado por Terra à Terra, R$ 126,00.


MEIO QUEIJO TINTO 2011 - Produzido por Churchill's Graham Ltda., um corte de 40% Touriga Nacional, 30% Touriga Franca e 30% Tinta Roriz, importado pela Winebrands, vermelho violáceo, aroma floral e frutas vermelhas, na boca frutado e boa persistência, GA - 14%, R$ 59,00, mas compramos por uma oferta de R$ 50,00, foi o preferido da noite.


PERENE TINTO 2012 - Produzido pela Casa Santa Eufemia, um corte de Touriga Nacional, Tinta Barroca e Tinta Roriz, importado pela TerraaTerra, grená, aroma cacau/café, ameixa e cassis, na boca acidez equilibrada, tanino acentuado, GA - 14,5%,
R$ 50,00, foi o quarto da noite.



TONS DE DUORUM TINTO 2013 - Produzido pela DUORUM, corte de 50% Touriga Franca, 30% Touriga Nacional e 20% Tinta Roriz, importado pela Casa Flora, amadurecimento em carvalho francês usado por 8 meses, vermelho rubi, aroma de frutas escuras tipo ameixa e amoras, na boca acidez equilibrada, corpo médio, taninos maduros, a safra 2012 recebeu 90 pontos da WS, GA - 13,5%, R$ 42,00, foi escolhido o segundo melhor.



ANIMUS 2012 - Um DOC, produzido por Vicente Leite de Faria, na sub-região Cimo Corgo, corte de 34% Touriga Franca, 33% Touriga Nacional e 33% Tinta Roriz, importado por RAMA, vermelho grená, aroma de frutas vermelhas e madeira, na boca taninos macios, amoras e morangos, GA - 13,5%, R$ 50,00, foi escolhido o terceiro da noite


Antes do jantar degustamos o INQUIETO 2010 DOC, produzido pela Douro Prime, um Douro Superior, 100% Touriga Nacional, é vinho que está num patamar acima dos demais, por isto foi provado à parte, passa por lagares de granito com pisa mecânica, 12 meses em carvalho francês e 8 meses na garrafa, cor púrpura, aroma de frutas negras, minerais e leve tostados, na boca taninos macios e boa persistência e muito elegante, GA 0- 14%, R$ 80,00, um excelente Douro.

No jantar o vinho que acompanhou foi o Meio Queijo Tinto 2011, sendo o cardápio elaborado pela proprietária Fernanda Duarte. Foi servido de entrada tartines de 4 sabores, o prato principal foi um Filé Mignon acompanhado de purê de batata doce roxa e berinjela glaceada e na sobremesa uma torta de amêndoas e abacaxi com sorvete de coco, realmente foi uma noite perfeita.

Cred não nos abandone.

Taba

As últimas aqui no blog